Vereadores não terão correção em seus subsídios

Os vereadores aprovaram, por unanimidade, em regime de urgência, o projeto de Lei 11/2019, de autoria da Mesa Diretora, que concede recomposição (7,61%) e aumento salarial (0,39%) aos servidores públicos municipais da Câmara Municipal., perfazendo o total de 8% em quatro parcelas, sobre os vencimentos de março de 2019, com percentuais de 2% em junho; 2% em setembro, 2% em dezembro e 2% em janeiro de 2020.
Os vereadores não terão correção em seus subsídios, visto que, antes da votação, o vereador Denilton apresentou Emenda Supressiva, aprovada por 8 x 3 votos, que vetou correção dos subsídios dos vereadores.