Duplicação da SP 101 e SP 308 estão paradas

Foto ilustrativa de 2018, quando houve preparativos na pista, indicando que haveria a duplicação Capivari Monte Mor.
Foto ilustrativa de 2018, quando houve preparativos na pista, indicando que haveria a duplicação Capivari Monte Mor.

As obras de duplicação da SP 101, Rodovia Francisco de Aguirre Proença e SP 308, Rodovia Comendador Mario Dedini, conhecida como Rodovia do Açúcar (SP-308), estão com as obras atrasadas e paradas, motivo que levou a notificações e multas pela Artesp.
As obras de duplicação, que se encontram atrasadas, são de responsabilidade da concessionária Rodovias do Tietê S.A. que se encontra em processo de recuperação judicial. com pedido deferido pelo juízo da 1ª Vara Judicial da comarca de Salto, em 13 de dezembro de 2019.
A Artesp está reavaliando o cronograma das obras, a fim de que possam ser feitas no menor prazo com investimentos efetivamente efetuados.
Notem a situação da SP-101, Rodovia Francisco de Aguirre Proença, onde os 25 quilômetros de pistas simples e curvas perigosas deveriam ser duplicados entre Capivari e Monte Mor. Por este trecho pagamos um pedágio de R$ 7,20, enquanto Monte Mor utiliza a pista dupla até Campinas sem pagar um centavo.
A Artesp diz que acompanha a situação da concessionária e toma as medidas legais e contratuais para garantir a prestação dos serviços conforme prazos estabelecidos.
Podemos constatar que canteiros de obras estão completamente parados e a tão sonhada duplicação vai ficando cada vez mais distante, apesar das constantes promessas.
Urge ação imediata das autoridades pois estamos cansados de promessas.