Capivari volta à fase laranja e poderá reabrir o comércio a partir de segunda-feira, 13

Prefeito Rodrigo com dr Anibal, coordenador do Centro de Contigenciamento contra o Covid 19, dois gigantes na luta contra a pandemia, continuam batalhando duro para que a população use máscara, fique em casa, não aglomere

Embora a luta continua difícil contra o covid 19, pela falta de apoio de parte da população que teima em não manter o distanciamento social, usar mácaras, fazer aglomerações, a região de Piracicaba, a qual pertencemos, DRS 10, voltou a fase laranja do Plano São Paulo, permitindo a rebertura de comércios não essenciais por quatro horas diárias, conforme determina o decreto municipal.
A reabertura vale para os estabelecimentos que já solicitaram, que se adequaram e foram devidamente autorizados pelo executivo capivariano.
Estes estabelecimentos autorizados anteriormente a reabrirem, não precisarão de nova solicitação.
O presidente da ACIC, Marcus Vinicius Bellini comemora a reabertura parcial do comércio e adverte aos empresários que sigam rigorosamente os termos dos decretos, tanto estadual quanto local, se adequem para não serem punidos.
Pessoas sem máscara no estabelecimento levam o comerciante a ter uma multa de mais de R$ 5 mil, por pessoa, por vez, registra Marcus.
Portanto, dia o presidente, vamos seguir rigorosamente a legislação e seguirmos para a fase amarela, que permitiria abrir ainda mais o comércio.

Foto de arquivo

O comércio de Capivari poderá ser reaberto a partir da próxima segunda-feira, 13, mediante autorização da Prefeitura.
Os estabelecimentos que já solicitaram, que se adequaram e foram autorizados da primeira vez pela Prefeitura de Capivari a reabrirem, NÃO precisarão de NOVA solicitação.
A região de Piracicaba voltou para a fase laranja do Plano São Paulo de retomada gradual da economia e a medida vale até, pelo menos, sexta-feira (17), quando o Governo Estadual deve anunciar novas avaliações das regiões.
O horário de reabertura permanecerá o mesmo já definido anteriormente, onde imobiliárias e escritórios podem abrir das 8 às 12h e comércios tidos como não essenciais e concessionárias funcionarão das 12 às 16h.
Os essenciais continuam abrindo em horários normais
Embora o Comitê de Contingenciamento de Capivari entenda que o horário reduzido possa causar aglomerações, a cidade terá que cumprir as 4 horas estabelecidas pelo Estado, não podendo estender o horário de funcionamento.
O presidente da ACIC, Marcus Belini alerta todos os comerciantes a seguirem rigorosamente os decretos.